CONSTRUCTION EQUIPMENT África

Ir bem fundo para construir o túnel de estrada mais longo do mundo

A reconstrução da autoestrada costeira E39 não só é o maior projeto de infraestruturas de sempre da Noruega, como também o Túnel Rogfast, da qual faz parte, será a autoestrada submarina mais longa e profunda do mundo. Com uma profundidade de até 392 metros abaixo do nível do mar, este projeto pioneiro é o oitavo episódio sensacional da Lista de Megaprojetos da Volvo Construction Equipment (Volvo CE).

Utilizando técnicas novas de construção de túneis e de edifícios, e destinada a reduzir para metade o tempo de viagem, a reconstrução completa da E39, ao longo da costa ocidental da Noruega, é o ponto fulcral de uma nova série de filmes lançados hoje que coloca as pessoas e as máquinas por detrás deste projeto no centro das atenções.
 
A Noruega é bem conhecida pela sua linha costeira impressionante, com montanhas altas e fiordes profundos. Mas existe um aspeto menos positivo desta paisagem espetacular. Atualmente, a autoestrada costeira E39 entre Kristiansand, a sul, e Trondheim, a norte, implica uma viagem de cerca de 21 horas. No entanto, cerca de um terço dos 5,3 milhões de habitantes da Noruega vivem ao longo desta autoestrada, que é também uma importante via comercial para as empresas norueguesas, uma vez que aproximadamente 60% dos bens de exportação do país são produzidos na costa ocidental. Além disto, quando a E39 deixa a Noruega prossegue para a Dinamarca, o que a torna num importante ponto de entrada para o Resto da Europa. 
 
E se o seu trabalho – como o de Håvard Langåker, motorista de pesados na Vassbakk & Stol – implicar conduzir este troço de linha costeira, então as coisas podem complicar-se. “Recolho as pedras no estaleiro de construção e depois levo-as até aos outros locais que precisam de material,” explica Langåker. “Quando estou na estrada tenho de esperar pelos ferries, estar na fila para as linhas de ferries, e lidar com os cancelamentos de ferries e as estradas estreitas. Temos ilhas e fiordes com estradas que seguem a linha costeira. São o caminho mais longo, não o mais curto, por isso demora muito tempo.” Mas tudo isto está prestes a mudar.

 

Este projeto pioneiro ao longo da costa da Noruega destina-se a reduzir para metade o tempo de viagem.

Com um custo de 39 mil milhões de USD, a autoestrada costeira E39 reconstruida vai reduzir o tempo de viagem entre Trondheim e Kristainsand de 20 horas para apenas 11. E o Túnel Rogfast, que deverá estar concluído em 2026, é uma parte importante desta melhoria. Pensado para ser o maior e mais profundo túnel de estrada submarina do mundo, terá uma extensão de 27 quilómetros com 392 metros abaixo do nível do mar no seu ponto mais profundo.

Mas a construção de túneis a esta profundidade é um desafio. Para tornar a viagem tão segura quando possível para os utilizadores rodoviários, a construção contemplará a construção de dois túneis separados para o fluxo do trânsito. Além disto, a cada 250 metros existirão passagens que ligam os dois túneis, permitindo uma saída rápida e fácil em caso de emergência.

A Volvo CE vai apresentar o seu papel neste projeto inovador como parte do último episódio da premiada Lista de Megaprojetos. Tiffany Cheng, Diretor Global, Comunicações Externas, na Volvo CE, afirma: “Quando estiver concluído, este túnel vai facilitar a vida das pessoas que vivem e trabalham na Noruega e fora dela. Participar neste projeto excecional, e ter um papel na melhoria do acesso a este canto do mundo maravilhoso, é um motivo de orgulho para a Volvo CE.”

Para saber mais consulte a Spirit Magazine.

Imagem 1: O Túnel Rogast vai ser construído com uma profundidade de até 392 metros abaixo do nível do mar.
Imagem 2: Este projeto pioneiro ao longo da costa da Noruega destina-se a reduzir para metade o tempo de viagem.